Quem é o Judas mesmo?

Torcida do Cruzeiro tacou Arrascaeta na cruz. E Dedé, Rafael, Rodriguinho, Fred e Thiago Neves

Em 11/02/2020 22:56

Quem é o Judas mesmo?

Será mesmo que o Arrascaeta, ainda merece a alcunha de Judas? Arrascaeta sempre honrou a camisa Celeste. Para poder jogar a final da Copa do Brasil, fez um grande esforço para chegar ao Brasil e jogar em alto nível, sendo decisivo mais uma vez para a conquista de mais um título com a camisa do Cruzeiro.  Nunca desrespeitou a instituição, e mesmo diante de toda turbulência de sua saída, disse que gostaria que de ver o Cruzeiro bem novamente e que essa fase ruim iria passar.


Não é fazer defesa do jogador, mas analisar os fatos, então, vamos a eles. Arrascaeta teve atitude infantil ao sair do Cruzeiro, mas seria o único culpado? Na época, Itair Machado, ex diretor de futebol do Cruzeiro, disse que o jogador junto de seu empresário forçaram a saída do clube. Que havia o interesse do jogador em se transferir para o Flamengo é inegável, os valores propostos pelo time carioca eram irrecusáveis, mas será que Itair não estava "jogando pra torcida" afinal, não é um sujeito que mereça confiança, né... 


Aliado a isso tudo veio o dirigente Itair Machado - que posteriormente foi e é acusado de fraudes no Cruzeiro, sendo, inclusive, investigado pelo Ministério Público e Polícia Federal, assim como Wagner Pires e Sérgio Nonato - dizer que Arrascaeta era isso e aquilo, que o seu agente era um bandido e que o dirigente do Flamengo era tudo de podre. A torcida meio que comprou o título de Judas e o entregou a Arrascaeta. Passou o tempo, o Cruzeiro acabou rebaixado no Brasileiro e muitas máscaras caíram. Arrascaeta não era duas caras. E diante de atletas como Dedé, Thiago Neves, Fred, Rafael, Rodriguinho, Ariel, será que ele é mesmo o "Judas"?

Cabe uma reflexão. Afinal, nunca fez complô dentro do clube, sempre defendeu o Cruzeiro e honrou a camisa, ainda que em alguns momentos fosse "meio vagalume". Mas em decisão ele era fera. Saiu por motivos financeiros. Algo que, possivelmente, qualquer outro jogador faria. Certamente não o fez da forma e momento correto. Mas Judas?

Arrascaeta não dançou funk recuperando de cirurgia no joelho ou pediu a palavra para cobrar do treinador a presença de fulano ou cicrano; não exigiu um contrato de dois anos a valores estratosféricos ou exigiu que o Cruzeiro fosse solidário a ele em eventual processo e pagamento de multa de R$ 10 milhões; não derrubou treinador, dirigente, cobrou dinheiro para jogar ou foi a festa regada a muita bebida em momento que o Cruzeiro mais precisava; não virou as costas para o clube que jogou desde a infância e namora com o maior rival uma possível transferência. Nunca disse que não jogaria uma competição. Aliás, sempre fez questão de jogar pelo clube. Tanto é verdade que fez um tremendo esforço para jogar a final da Copa do Brasil. 

Nação 5 Estrelas


ENQUETE

Na sua opinião, atualmente quem é o maior Judas do Cruzeiro?

1 - Fred 

2 - Thiago Neves 

3 - Dedé 



1 - Fred 

40%

2 - Thiago Neves 

20%

3 - Dedé 

40%


Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads