Dinheiro, dívida e exclusão

Bastidores movimentados na Raposa

Em 07/08/2020 14:12

Dinheiro, dívida e exclusão

O Cruzeiro não vai cair para a Série C por falta de pagamento pelo empréstimo ao Al-Wahda, algo em torno de R$ 5 milhões. É o que o presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, tem falado à imprensa há algum tempo. Recentemente anunciou acordos com alguns clubes e, ontem, acertou o pagamento da dívida de Pedro Rocha, valor em torno de R$ 2,4 milhões, bancados pelo Supermercados BH e Eccamp. Aliás, faltam poucos acertos para esse ano, ao menos com a Fifa. Correm, paralelamente, processos trabalhistas, estes que estão sendo conduzidos por um escritório contratado.

Se o dinheiro tem entrado, ainda que por meio de parceiros, engajados com o clube, é o que importa. E algumas situações planejadas, aliadas também às parcerias, podem viabilizar a chegada de alguns atletas. Arthur Caíque é um deles, assim como Daniel Guedes. Outro jogador poderá, também, chegar no decorrer do início da Série B. Tanto Guedes quanto Caíque dependem de acertos finais. Chegam por empréstimo.

Junto a isso, o presidente Sérgio Santos Rodrigues também protocolou um pedido de expulsão de conselheiros do clube, nomes esses que em nada acrescentam: Wagner Pires e Sérgio Nonato. 

 



Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads