A chegada de um renegado.

Ney Franco é apresentado oficialmente como novo treinador.

Em 09/09/2020 16:06

A chegada de um renegado.

A última vez que a vinda de um treinador com destino à Toca II foi vista de forma tão negativa, foi em 2012 com a chegada de Marcelo Oliveira que por sinal, queimou a língua de muita gente conquistando dois Campeonatos Brasileiros consecutivos em 2013/2014. No caso de Ney Franco, desde que seu nome foi especulado, a reprovação foi geral e ainda mais massiva quando se deu a confirmação do técnico como novo comandante. A torcida não foi ouvida e o treinador foi anunciado como novo técnico do Cruzeiro.

Ney Franco chegou em a Belo Horizonte nesta quarta-feira para assinar contrato com o clube até 2021. Com isso, pelo menos no papel, deverá ser o técnico no ano do centenário. A ideia é que hoje mesmo faça parte do treinamento do elenco e comande a equipe na sexta contra o Vitória. Dentre outros times, o treinador já passou por Flamengo, São Paulo, Seleção Brasileira Sub-20, Coritiba e seu último trabalho foi no Goiás, quando foi demitido em agosto por não conseguir bons resultados. Em seu currículo, Ney Franco conta com um título da Copa do Brasil em 2006 pelo Flamengo, Copa do Mundo FIFA Sub-20 e Sul-Americano Sub-20 pela Seleção Brasileira em 2011, além da Copa Sul-Americana pelo São Paulo em 2012.

Um dos possíveis motivos para que a diretoria trouxesse Ney Franco, pode ter sido a experiência que o treinador tem em relação à Serie B e justamente por em 2018, ter conseguido levar a equipe do Goiás de volta à Série A mesmo no cenário tão ruim em que a equipe vivia.

Em entrevista, perguntado sobre como é estar no Cruzeiro, Ney Franco disse estar realizando um sonho. “Eu estou realizando um sonho meu de estar aqui no Cruzeiro como treinador. Realizo mais do que um sonho pessoal, um sonho afetivo em momento de muita responsabilidade. Quando veio esse convite, para mim soou como uma convocação.”

O nome de Ney Franco nem de longe era o mais esperado pela torcida. Para muitos ou melhor, para a maioria, o Cruzeiro precisava de um técnico de história, que trouxesse confiança e promovesse uma mudança radical na equipe Celeste. Infelizmente não vemos este perfil no escolhido pela diretoria. Já pressionado pela torcida e pelos resultados que à partir hoje, Ney Franco terá que buscar junto com o elenco, a missão do novo técnico é levar o Cruzeiro de volta à Série A e trazer um pouco de paz ao torcedor. Que ele nos surpreenda.

 

Por: Vívian Rafaelly



Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads