LIVE

Ney Franco, dinheiro arrecadado, participação do torcedor na vida política, e Gilvan. Presidente responde à Torcida

Em 11/09/2020 14:22

LIVE

Criticada por muitos e ainda aceita por outros, a live do presidente continuará e nesta sexta, foi transmitida pelo Youtube às 12h. Na noite de ontem, Sérgio Santos por meio de sua conta oficial no Twitter, convocou alguns cruzeirenses para participar ao vivo da transmissão e fazer suas perguntas à diretoria.

No primeiro momento, foi comentado sobre a chegada de Ney Franco, que segundo o presidente, a vontade do treinador de estar no Cruzeiro e a experiência na Série B pesou para a decisão. Pediu o apoio da torcida para que o técnico faça seu trabalho e em relação a liberação de jogadores, Sérgio explicou que Arthur e Welinton serão disponibilizados para jogar em outros times e os outros atletas serão negociados ou haverá rescisão de contrato por critérios técnicos.

 Partindo para as perguntas dos torcedores convidados, a primeira foi sobre as operações do Cruzeiro para arrecadação de dinheiro que acabou “desaparecendo” e de onde o Cruzeiro tem tirado dinheiro para pagar salários e outros débitos. O presidente disse que a campanha continua e que o dinheiro para a quitações de despesas provém da venda do jogador Edu, os cinco novos patrocinadores e também de ajudas particulares. Sérgio ainda declarou que, por mais criticada que sejam, as lives vem sim dando lucros e ajudando o Cruzeiro financeiramente.

Questionado em relação a jogadores mesmo não rendendo em campo ainda estar jogando e se Ney Franco tem “peito” e carta branca para tirar atletas que não vem rendendo, Sérgio disse que isso é questão técnica para tomar as melhores decisões e que o treinador tem toda autonomia para fazer mudanças.

Outra questão levantada, foi o que se pode fazer para que haja mais engajamento do torcedor  na vida política do clube e como fazer para diminuir a influência dos empresários de jogadores da base nas vendas do Cruzeiro. Respondendo, o presidente disse que é a favor dessa participação da torcida e segundo ele, deveria ser um torcedor já socio há algum tempo, mas que está confiante na mudança do estatuto para que isso aconteça. Sobre os empresários, Sérgio disse que o Cruzeiro tenta é estipular critérios de relação entre clube e empresário de forma que seja bom para ambas as partes.

O Presidente do Cruzeiro foi questionado sobre qual sua relação com Gilvan e ainda sobre a permanência de Renê Salviano no clube. Em resposta, Sérgio declarou que mantém é uma boa relação com Gilvan de Pinho Tavares e segundo ele, a situação de dívidas sobre o comando de Gilvan, se agravou na montagem de elenco caro e não há nada de irregularidade sobre a conduta do ex-presidente e isso também serve para Renê Salviano que continuará no Cruzeiro.

 Por fim, a última pergunta foi se os conselheiros que conseguiram uma liminar para participar das decisões da Raposa e que, de alguma forma comprometeram o Cruzeiro, ainda continuarão no clube. Sérgio declarou “A questão está suspensa pela Justiça e por isso é preciso esperar para ver o que deverá ser feito. Eu (Sérgio) não tive ou tenho poder maior que a Justiça.”

Assim foi encerrada mais uma Live do presidente. Mesmo que em alguns aspectos não haja concordância em certas respostas, é preciso reconhecer que Sérgio tem feito um grande trabalho principalmente na questão de transparência com o torcedor e pelo fato de abrir espaço na fala da torcida. É preciso que o novo Cruzeiro de fato, seja feito com a participação ativa daquele que é o maior patrimônio do clube: O TORCEDOR.

 

Por: Vívian Rafaelly



Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads