Análise: Não precisamos de zagueiro

Para o momento, para o Mineiro, os quatro que aí estão, já servem

Em 17/02/2021 11:37

Análise: Não precisamos de zagueiro

O Cruzeiro, com a chegada de Eduardo Brock, não precisa trazer mais zagueiro. Atualmente três zagueiros do sub-20 treinam com os profissionais junto a Manoel, Ramon e Paulo. Com Brock, serão quatro. Nos bastidores falam que Feipe Conceição teria indicado três nomes para reforçar o setor. Jogadores que viriam para compor elenco. Para compor elenco, temos a base. Temos Weverton, Guilherme Matos, Geovane. Qualquer um deles serve para a quinta opção de zaga. Não é preciso trazer atleta que hoje está em Portugal ou qualquer outro lugar. É inchar um grupo, que ainda é carente em diversas posições.

O Cruzeiro, por exemplo, não tem um reserva para Cáceres e na base não tem ninguém no momento que sirva para ser o reserva imediato. Danilo, um lateral de potencial, pode ser lançado, mas precisa ser trabalhado fisicamente para aguentar o "batidão". O lateral Eduardo, do Ceará, é um nome analisado.

Assim, os nomes que surgem na imprensa, talvez aquela "notícia metralhadora" para ver se acertam, são os de Lucal Kal, Riccieli e Leo Realpe. Não conhece nenhum deles, certo? Pois é. Nem eu. E até por isso, é bobagem gastar dinheiro com atletas que estão em times, alguns ganhando em euro e que não vão trocar o certo pelo duvidoso. A não ser que Manoel não fique, não justifica trazer ninguém no momento. Primeiro porque o Campeonato Mineiro é deficitário e o Cruzeiro não pode ficar com grupo inchado; segundo, que temos atletas na base que podem ser testado e até virar ativos futuros; e terceiro, que para ser quinto zagueiro, não precisamos "importar" atleta. Por aqui mesmo a gente dá um jeito. Lucas Kal e Riccieli atualmente jogam em clubes de quinta categoria em Portugal, mas recebem em euro e Leo Realpe jogou com Felipe no Red Bull Bragantino. Este último é equatoriano e tem 19 anos. Talvez seja o mais recomendado, se tiver que trazer alguém. Mas entre trazer um de 19 e dar chance aos de 18, 19 anos que aqui estão, sempre vou preferir a base, a não ser que não tenham condições técnicas de serem testados.

Por: João Vitor Viana



Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads