Intensidade e evolução

Treinador do Cruzeiro tem discurso de melhorar equipe para buscar objetivos

Em 21/02/2021 11:06

Intensidade e evolução

O Cruzeiro de 2021 será bem diferente dos "últimos Cruzeiros". Se em 2017 e 2018 o time foi campeão, não apresentou aquele futebol para frente, vistoso, animador. Jogava pelo resultado, por uma bola, encixar um contra-ataque. Era quase seguindo a teoria de Carlos Alberto Parreira, que certa vez disse que, "no futebol, o gol era um detalhe". A cartilha de Mano Menezes foi eficiente por um tempo, deu certo em algumas vezes, mas caiu no ostracismo. Junto a isso, caiu o rendimento celeste, junto ao crescimento de problemas administrativos nunca antes vistos.

Em 2021, técnico novo, filosofia nova e outro perfil de atletas. Nada de querer aquele pessoal "com o burro na sombra", que já não quer mais nada com nada, a não ser o dinheiro na conta no final do mês, ainda que não jogue nada. Pessoal mais velho, decedente, aos poucos dão espaço aos jovens que querem "se dar bem na vida". Assim, o clube acertou a contratação de sete jogadores, sendo seis já oficializados. Outros atletas ainda deverão chegar, assim como outros deverã sair. Questão de ajuste de elenco, que normalmente é feito no início da temporada, mas não de uma só vez. 

"Após apenas quatro dias de trabalho implementando uma filosofia nova, um trabalho novo, (o jogo-treino) demonstra que a gente tá no caminho certo. Teve evolução nesses quatro dias apesar do pouco tempo e que tem muito trabalho pela frente, então vamos continuar trabalhando muito para que a gente nesse inicio de mineiro continue crescendo e encontre dentro do Mineiro o padrão desejado", disse Felipe Conceição, após a atividade deste sábado, que culminou com uma vitória do Cruzeiro sobre o Bolívar, por 1 a 0. "Nesse primeiro momento, (o foco é) a coesão, trabalhar de maneira igual para ter um grupo forte não só 10, 11, 12 atletas. A gente tem um mescla grande de jogadores jovens, experientes, jogadores que estão chegando, estamos aproveitando essa preparação para integrar, trazer coesão e trabalho dentro de campo, isso vai ser fundamental no nosso ano", avaliou.

Domingo também é dia

Após a atividade de sábado, os atletas foram liberados. Contudo, voltam aos treinos nesse domingo, já visando a estreia do time, contra o Uberlândia, no próximo sábado, fora de casa. Para o treinador, treino ajuda, a intensidade é importante, mas o ajuste se dá com os enfrentamentos nos campeonatos: "A gente adquire ritmo jogando, né. Mesmo com treinos intensos, com nível alto de intensidade dentro dos treinamentos, mas ritmo de jogo é só no jogo. A gente usa esses treinos para chegar mais perto dos jogos, tornar a equipe mais intensa e com ritmo para que a gente consiga depois dos primeiros jogos atingir um nível satisfatório para esse primeiro momento".

Por: João Vitor Viana

 

 



Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads