"Não vamos falar em nomes", diz Itair

Dirigente celeste dá entrevista e revela algumas ações do Cruzeiro no mercado

Em 28/11/2018 01:53

O Cruzeiro deverá trazer cerca de quatro jogadores para o próximo ano. Ao menos para o início de conversa. É o que disse o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, em entrevista à Rádio Super. 

Confira o que de mais importante disse o dirigente:

Clássico com torcida dividida

"Eu procurei o presidente. Não é área minha, mas tenho muitos amigos atleticanos e entrei em contato. Reunimos no Posto Chefão e esclareci que da parte do Cruzeiro faríamos clássico dividido. Depois disso o Marcone (Barbosa) fez uma reunião, teve alguns problemas, mas por nós aceitamos o que eles pediram. Teve uma questão, que por nós não causa problemas, mas da parte do Cruzeiro está feito. Vamos ver o que acontece até lá. Não há problemas da nossa parte. É só trazer o documento que o Cruzeiro assina".

Contratações

"Vamos atrás de laterais, acredito que um meia e um atacante que joga pelos lados. Vamos reunir com o Mano e ver as necessidades e se nossas ideias batem com ele. Devido à idade do nosso elenco, a tendência é que busquemos jogadores mais jovens do que aqueles que temos. Mas isso não quer dizer que não possamos trazer alguém experiente".

Departamento Médico

"Primeira coisa que fizemos foi renovar todo o nosso departamento médico. O nosso grande reforço foi no setor. Trouxemos o Sérgio Campolina, que é de uma experiência e do dia a dia do futebol incrível. E acreditamos que acertamos muito nisso".

Mayke

"Acertamos a venda do Mayke. Não queríamos nos desfazer dele, mas infelizmente aconteceu aquele fatídico incidente, que acabou não ficando com clima aqui. Nem ele queria voltar. E aquilo acabou sendo um momento que ocasionou que vendêssemos o atleta por um valor inferior ao valor que ele tem, hoje, pelo que fez no Brasileiro".

Renovações

"Nós não estamos muito preocupados em renovar agora com atletas que têm contratos até o final do ano. É o caso do Thiago Neves, do Henrique e do Fábio. Logicamente já estamos conversando, mas possivelmente vamos ver essa questão depois do início do ano, já que iniciamos a temporada tendo que pagar R$15 milhões sem ter o dinheiro.

Mineirão

"Esperando o novo governador assumir e vamos ver uma saída para o Cruzeiro assumir o Mineirão. O Mineirão é do povo e o futebol também. O Cruzeiro vai querer o estádio dele e esse é o Mineirão".

Por: João Vitor Viana

Arrascaeta

"Todo mundo fala que quer o Arrascaeta. Mas não chega proposta, como também não chegou pelo Sassá. As que chegaram pelo Arrascaeta foram baixas e essas a gente nem lê".

Venda da Toca I

"Dei uma entrevista para um site e teve um dirigente que saiu e disse algo que acabou sendo mal interpretada. Se eu pudesse vender a Toca I, venderia. É um CT que nos dá prejuízo. A minha ideia é ter um CT integrado, fazendo dos atuais centros um polo imobiliário e juntando profissional com a base. Mas isso é algo que o Conselho deve definir"

 

Por: João Vitor Viana

 



Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads