Carta ao torcedor

Ronaldo quer a torcida próxima ao time e juntos na reconstrução

Em 24/01/2022 22:34

Carta ao torcedor

Ronaldo pode não ter assinado, ainda, a compra do Cruzeiro. É uma questão de tempo, de avaliação, de abertura de gavetas, de diagnóstico e de constatação de uma realidade do clube. Sabe onde está pisando, mas há os desafios do dia a dia que fazem os executivos trabalharem, negociarem, discutirem e resolverem as pendências. A principal para esse primeiro semestre foi resolvida nesta segunda-feira (24): o pagamento do transfer ban.

Por uma irresponsabilidade de Gilvan de Pinho Tavares, seguindo por Wagner Pires e Sergio Rodrigues, o Cruzeiro viu a dívida em moeda estrangeira subir com juros e valorização cambial. Uma dívida crescer de forma abrupta e um dinheiro ser gasto de forma vil. Ronaldo foi corajoso e veio socorrer o clube no pior momento de sua rica história. E, em carta, solicita a contrapartida.

Aliás, o torcedor do Cruzeiro precisa entender duas situações: agora o clube tem alguém responsável lá gerenciando. Nada será como no passado recente, quando o dinheiro do sócio ia pelo ralo, indo parar em bolso de agente, em salários astronômicos ou na calcinhas de prostitutas em Portugal. E é preciso, agora, que o torcedor faça parte da verdadeira reconstrução do clube. É preciso, inclusive, mostrar ao próprio Ronaldo, o engajamento e a proximidade com o time, com as finanças. Isso será preponderante para ele assinar a compra dos 90%. Até aqui assinou uma intenção de compra, que vale por 120 dias, no processo de diagnóstico de tudo no clube.

O Cruzeiro antecipou receitas, teria feito uma besteira enorme se tivesse levado adiante o planejamento de Luxemburgo com Mattos e Sergio Rodrigues. Teria, aliás, cometido o mesmo erro dos últimos dois anos, quando foi pedinte de empresários e cavou para baixo quando o assunto foi dívida. Faltou responsabilidade e competência. E isso, no primeiro mês de Ronaldo à frente do clube, já mostra completa diferença. Agora o clube tem gestão responsável e eficiente.

Os resultados virão. Mas é preciso um movimento da torcida. É preciso que organizadas façam isso também. Mobilização é a palavra que precisa ecoar na torcida do Cruzeiro. A carta de Ronaldo diz tudo. E a torcida precisa responder, no campo, em casa ou numa casinha de sapê.

Seja sócio! Que o Cruzeiro seja reconstruído! O tempo será nosso aliado e, em campo, veremos toda essa diferença!

Por: João Vitor Viana



Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads