Bom pagador

Cruzeiro quer desmitificar mídia tendenciosa que acusa equipe de calotes

Em 11/01/2019 00:29

Bom pagador

                                                                                      

Dinheiro é feito para gastar? Sim. Mas antes - ou concomitantemente - ao investimento, deve-se honrar os compromissos assumidos. Se são de administrações passadas, os credores não querem saber. Querem receber e ponto final. E cabe ao presidente Wagner Pires, ao vice, Itair Machado, e à cúpula celeste, quitar dívidas pendentes, sejam desta ou de outras gestões.

Entrevistado, Itair Machado deixou claro que assim que o "sinal" pago pelo Flamengo - cerca de 7 milhões de euros - forem depositados, o clube pagará três dívidas: R$ 3,6 milhão de Mancuello, dívida com o Defensor-URU e com o Atenas. No entanto, nos últimos dois casos o Cruzeiro buscará negociar a dívida, assim como discutí-las. Itair acredita que principalmente a dívida feita com o Atenas está muito mal contada. "US$ 4 milhões por um cara que nem jogador é? Isso vamos discutir. Acredito que a dívida seja bem inferior e tem gente querendo levar por fora", declarou Itair Machado. Para o Defensor a dívida é de menos de 1 milhão de euros e será quitada também após negociar. "A intenção é pagar à vista", declarou o dirigente. "Nós já não devemos o Mancuello. O valor que o Flamengo vai nos pagar à vista já virá debitado em diferença", continuou.

                                                                                      

A postura de Itair é bem diferente da administração anterior. Parte da torcida e boa parte da imprensa nacional têm batido na tecla do inadimplemento celeste. Sabe-se que não se conserta uma casa bagunçada de uma hora para outra e que como há um abismo no futebol brasileiro em termos de divisão de recietas, principalmente em casos de direitos de TV, tudo fica mais difícil para clubes fora do eixo. No entanto, isso tende a mudar, uma vez que Itair Machado se comprometeu, dentro do possível, a ir quitando dívidas do passado, sem deixar, no entanto, de investir no futebol e montar uma equipe forte.

O Cruzeiro sempre primou pela organização e Itair mostra que isso não pode mudar. A torcida agradece e a imprensa vai ter que buscar outras pautas em breve.

Outras dívidas

O Atlético-AC cobra o Cruzeiro na justiça cerca de R$ 400 mil pelo atacante Careca, que nada fez aqui no ano passado. Junto a isso, o Criciúma também cobra parcelas em atraso quando da contratação de Ezequiel, em 2016. O Cruzeiro deixou essas duas situações com o seu setor jurídico, que deverá emitir parecer em breve e buscar uma solução para cada uma das cobranças.

Por: João Vitor Viana



Últimas Notícias

Em 17/07/2019

Classificado!

Classificado!

Em 16/07/2019

Torcida é isso!

Torcida é isso!

Em 16/07/2019

Dia D

Dia D