Base forte

Em entrevista, clube afirma estar com sua estrutura de acordo com a legislação. Conforto é primordial

Em 09/02/2019 16:15

Base forte

                                                                                      

Após a tragédia ocorrida no Ninho do Urubu, onde 10 meninos entre 14 e 16 anos faleceram por causa de um incêndio causado por falha em um ar condicionado, uma indagação foi feita: e os demais clubes? Será que eles têm estrutura suficiente para abrigar jovens que sonham em se tornar jogadores profissionais.

As respostas vêm de todas as partes. Pela parte do Cruzeiro, um conforto. Em uma publicação do jornalista Paulo Galvão, do Estado de Minas, o diretor-executivo das divisões de base do Cruzeiro afirmou estar tranquilo com aquilo que o clube oferece aos seus jovens atletas: “Não temos mais chuveiro elétrico no vestiário do Sub-20, por exemplo. Também eliminamos cortinas dos quartos, colocando insulfilm. Tudo para minimizar o risco de incêndio. Nossos laudos estão em dia e nos preocupamos com as podas das árvores, que oferecem risco em época de chuvas e ventos fortes como agora”. O Cruzeiro é, talvez, o único clube brasileiro que possui um CT exclusivo para a sua base. A Toca da Raposa I, é de se lembrar, já serviu de sede para a Seleção Brasileira na década de 80, o que mostra a estrutura presente já há algum tempo.

A Toca da Raposa I, aliás, tem capacidade para 90 garotos. Nos últimos anos foi construída uma estrutura ainda melhor, dentre as quais se destacam um hotel para 70 atletas e um alojamento, em alvenaria, para estudantes intercambistas, sejam de escolas ou clubes de outros países. Há profissionais que periodicamente fazem avaliações e manutenção da estrutura. “Temos preocupação constante com o bem-estar de todos. Afinal, antes de serem aspirantes a grandes jogadores, são garotos cujos pais, os familiares, nos confiaram a vida. Temos de ter responsabilidade, não só pelo que ocorreu no Flamengo”, destaca Lemos.

Opinião

O clube tem uma preocupação grande com sua base. Lógico que sempre há o que melhorar. No entanto, vê-se a intenção com o bem-estar dos atletas. Quem visita a Toca I e pode ter acesso à estrutura v~e como um clube é bem gerido. É essa a visão que tive quando lá estive pela última vez. Que o Cruzeiro continue se preocupando com seus atletas e que toda a preocupação com o atleta continue sendo feito, seja através de assessoria, seja através de treinamentos, seja através de conforto. Tudo isso com toda a segurança e alvará concedido pelo Poder Público.

Aproveito para parabenizar toda a infraestrutura do clube, que possui academia, alojamentos equipados, campos em tamanho profissional sendo um deles com grama sintética, monitores de desempenho, equipe internacional, refeitório, nutricionista e demais profissionais capacitados. 

Por: João Vitor Viana



Últimas Notícias

Em 25/04/2019

150 dias depois...

150 dias depois...

Em 24/04/2019

Notas da Toca

Notas da Toca




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads