CBF cogita utilizar árbitro de vídeo na decisão da Copa do Brasil

Entidade aguarda apenas o aval dos clubes para utilizar a tecnologia nos lances capitais

Em 25/09/2017 03:25

CBF cogita utilizar árbitro de vídeo na decisão da Copa do Brasil

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pretende estrear o árbitro de vídeo para sanar dúvidas em lances decisivos na final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, 27, entre Cruzeiro e Flamengo, no Mineirão. A utilização do sistema depende apenas do aval dos finalistas.

O uso da tecnologia é permitido pela FIFA nas seguintes situações de jogo: gols, pênaltis, cartões vermelhos e na identificação de jogadores. A equipe que opera o sistema de forma remota é composta por um juiz, com a mesma capacitação do árbitro de campo, e dois auxiliares.

                                                                  

A medida eleva a credibilidade da disputa pelo título, já manchada pelo gol impedido do Flamengo na primeira partida da decisão, quando Lucas Paquetá completou o rebote de Fábio em posição de impedimento.

Como o Flamengo possui extenso histórico de favorecimento pela arbitragem, o uso da tecnologia para esclarecer dúvidas nos principais lances pode ser muito positivo para o Cruzeiro.

Por: André Mapa



Últimas Notícias