Devo, não nego...

Cruzeiro confirma punição na Fifa. Mas perda de pontos no Brasileiro é fora de questão, segundo clube

Em 10/07/2019 13:40

Devo, não nego...

Uma notícia na manhã desta quarta-feira deixou os cruzeirenses ainda mais com a orelha em pé. No caso, uma dívida com o Zorya, da Ucrânia, envolvendo o atacante Willian Bigode, na época em que ele veio de contrapeso na venda de Diego Souza ao Metalist.

Segundo informações da rádio Itatiaia, o Cruzeiro teria sido condenado a perder seis pontos no Campeonato Brasileiro, o que o clube, de imediato, respondeu, negando a situação. “Não existe isso de perda de pontos. O Cruzeiro foi punido em primeira instância, mas recorreu e ganhou a liminar. Isso vai ser julgado agora daqui a oito a dez meses. Se perder a ação, o clube paga. Se perder a ação, o clube ainda tem até 90 dias para realizar o pagamento”, declarou o diretor de comunicação do Cruzeiro, Valdir Barbosa. a um portal de notícias e também declarou à própria rádio. É aquela história: devo, não nego, pago quando puder. O clube, no entanto, acredita que até poderá ser inocentado na ação. "Nosso advogado no caso, Breno Tanuri, está à frente do caso e vamos ver essa situação. O Cruzeiro, se for condenado, vai pagar. Mas pode até ser que determinem que não há essa necessidade. Mas é fora de cogitação essa história da perda de pontos", completou.

O clube ainda divulgou nota oficial:

Nota oficial do Cruzeiro sobre o caso

 

O Cruzeiro, conforme nota oficial da FIFA divulgada ontem, não corre nenhum risco de perda de pontos no Campeonato Brasileiro ou qualquer outra competição que esteja disputando.

 

Há um processo tramitando na FIFA, do FC Zorya da Ucrânia contra o Cruzeiro Esporte Clube, relativo à transferência do atleta William Bigode.

 

O Cruzeiro EC perdeu a causa em primeira instância, mas, em seguida, entrou com um recurso conseguindo uma liminar que foi aceita pela FIFA e pelo CAS - Corte Arbitral do Esporte. Um novo julgamento será marcado  dentro de aproximadamente 10 meses. Segundo nosso advogado internacional, Dr. Breno Tanuri, se houver nova derrota, o Clube terá 90 dias para efetuar o pagamento da dívida.

 

Diante disso, não há nenhuma verdade quando se fala em perda de pontos. 

 

Pot: João Vitor Viana



Últimas Notícias