Crescimento na temporada passa pelo ajuste nas linhas de marcação celeste

Cruzeiro é a equipe mais faltosa do Campeonato Mineiro e precisa aproximar mais a marcação

Em 09/02/2018 11:10

Crescimento na temporada passa pelo ajuste nas linhas de marcação celeste

O Cruzeiro é líder, com maior número de passes trocados, mais gols, mais finalizações e tem dominado amplamente seus adversários no Campeonato Mineiro. No entanto, a equipe também é a que cometeu mais faltas no Estadual, com 72.

Esse dado é um traço típico das equipes que optam por jogar de forma ofensiva, agredindo o adversário quando não tem a posse de bola, já que a marcação alta pressiona o oponente em seu campo, mas também abre espaço entre as linhas, caso o tinha ainda não esteja plenamente encaixado.

É compreensível que o avanço da marcação aconteça nessa fase da temporada, tendo em conta o pequeno número de jogos até aqui e a curta pré-temporada. Mesmo assim, é um ponto a ser trabalhado por Mano Menezes e sua comissão técnica.

Os jogadores mais faltosos são o volante Ariel Cabral e os laterais Edílson, ambos com 7 faltas cometidas. Por outro lado, o meia Robinho, que tem jogado um pouco mais recuado em relação à temporada anterior recebeu 2 cartões amarelos.

Em uma competição com nível mais alto, como a Libertadores, é importante que o Cruzeiro consiga coordenar melhor o avanço de suas linhas para não permitir espaços em que o adversário consiga trabalhar a bola, o que Mano Menezes já se mostrou capaz de corrigir.

O cruzeirense é ambicioso e perfeccionista, então mesmo com a maré a favor é fundamental fazer os ajustes necessários para superar a linha tênue entre ser um time dominante e ser um time campeão.

Por: André Mapa



Últimas Notícias