Fred sem espaço

Atacante tem fugido à dinâmica do Cruzeiro há tempos. Não fica para 2020

Em 15/07/2019 13:36

Fred sem espaço

Não é caçando culpados, mas analisando um a um, que a gente chega a algumas situações e conclusões.

Abertamente não sou fã do futebol de Ariel Cabral que, para mim, é lento.

Gosto do futebol acelerado, para frente, propositivo.

Cabral não se enquadra nisso.

Mas como não temos muitas opções por ali, ao menos temporariamente é o mais regular.

Já não podemos falar o mesmo de Fred.

O camisa 9 começou bem o ano, marcou muitos gols, mas teve uma queda vertiginosa.

No meio de Marquinhos Gabriel, Pedro Rocha e até do David - que não tem entrado bem - Fred se perde.

Parece ter perdido seu poder de posicionamento.

Não podemos querer que um atacante de 36 anos seja velocista.

Até porque nunca foi e não será agora que se tornaria um.

Mas quando a bola chega nele, parece bater e voltar.

O domínio não está bom.

E uma fase atípica na vida do atacante tem feito com que ele perca espaço.

E com justiça.

Pedro Rocha pede passagem e aquela formação contra o nosso rival parece ser a que o Cruzeiro tem que usar daqui por diante.

Mano afirmou que Fred exige uma certa dependência e uma tática própria, com dois velocistas.

Afirmou ainda que quando Robinho estiver em campo, Fred deverá ser opção.

Justamente por ele não dar a dinâmica que o Cruzeiro precisa e que vem mostrando deficiência quanto a isso já há algum tempo.

Fred passou de solução a opçao.

Está sem muito espaço.

Ainda é a primeira opção para a camisa 9.

Contudo, certamente tende a não terminar o seu contrato com o Cruzeiro, que se encerra no fim do ano que vem.

Primeiro porque o Fluminense abertamente o quer.

Segundo que ser reserva nunca foi a de Fred. 

E como não tem rendido tanto como nos bons tempos, os próximos cinco meses, podem apostar, serão para se despedir do jogador.

 

Por: Raposo Sensato



Últimas Notícias