Espera-se uma Nova Era

Rogério Ceni chega hoje a Belo Horizonte e deverá ser apresentado nesta terça

Em 12/08/2019 08:48

Espera-se uma Nova Era

Nuvens negras se instalaram na Toca da Raposa II desde a partida contra o Emelec e de lá não saíram mais. Jogos e mais jogos sem vitórias e, depois, a fase da falta de gols. Oito no total, num aproveitamento horrível, nada condizente com a trajetória e história celeste. Todo esse cenário foi determinante para a queda de um treinador vitorioso que, contudo, já não parecia ter mais o "leme" do time e taticamente parecia que não mais agregaria ao Maior de Minas. Veio a troca e, ontem, a confirmação de Rogério Ceni, um jogador vitorioso e um treinador estudioso, que chega para dar uma guinada em um time completamente perdido taticamente e desorientado emocionalmente.

Diante do Avaí, viu-se um Cruzeiro diferente de antes, com mais entrega, com mais coração. Mas dentro de um contexto desesperado, em que carrinhos eram dados, reclamações feitas e cartões recebidos sem necessidade alguma. Isso retrata o desespero de atletas que não querem ter a mancha de um ano ruim, ou pior, de um rebaixamento em suas carreiras. Eles sabem que o técnico é importante, mas que quem são os atores em campo, os agentes determinantes são quem, de fato, joga. Assim, a pressão é enorme e até os mais experientes e cascudos não vêm aguentando. Rogério chega para retomar a confiança nesses atletas, nos jovens e fazer-se líder dentro de um grupo emocionalmente dilacerado, onde a liderança, que era um ponto forte, se perdeu, assim como a tática, o equilíbrio e gana.

Rogério sempre foi um líder no São Paulo, passando boa parte de sua carreira como capitão. Levantou taças importantes, sendo o melhor de sua posição por anos, ainda que os treinadores da Seleção Brasileira não reconhecessem isso. O mesmo caso de Fábio, o goleiro que levou de Ceni, quatro gols na carreira. Agora, o antigo algoz chega como "salvador da pátria". E, esperamos, inicie uma Nova Era no clube. Rogério é esperado nesta segunda em Belo Horizonte. Sua apresentação deverá ser amanhã, quando também inicia os trabalhos.

O Cruzeiro é gigante e precisa de resultados igualmente gigantes. Resta saber se Rogério conseguirá por esse time nos trilhos. Se Rogério será capaz de agregar aquilo que Mano já não conseguia e implantar a sua filosofia, tão vitoriosa na vida de atleta e nesse início de carreira de técnico, em favor de um dos grandes clubes da América do Sul.

O Cruzeiro é a grande chance da retomada da carreira de Rogério Ceni, uma elevação de cobrança e de esperança por dias melhores. A junção de um clube a um profissional campeão.

Por: João Vitor Viana



Últimas Notícias