Vitória com propriedade

Cruzeiro bate o Santos, volta a vencer depois de meses e deixa Z-4

Em 19/08/2019 12:57

Vitória com propriedade

Mais de 43 mil pessoas estiveram presentes ao Mineirão, acompanhando a vitória do Cruzeiro sobre o Santos por 2 a 0, partida que marcou a estreia de Rogério Ceni e a retomada, espera-se, do Cruzeiro no Campeonato. Com gols de Fred - que não marcava desde abril - e Thiago Neves, o Cruzeiro saiu da zona de rebaixamento, contando com um tropeço do Fluminense para o CSA, no Maracanã.

Com uma escalação diferente, Ceni apostou na velocidade. Dodô iniciou a partida como volante, a fim de dar maior mobilidade na saída de bola e fazer um lado esquerdo mais forte com Egidio; Maquinhos Gabriel e David eram as "válvulas de escape", com Thiago Neves na articulação e Pedro Rocha como falso 9. Na zaga, Fabrício Bruno formou dupla com Dedé. Logo de cara, o Cruzeiro já mostrou que seria outro. E num lançamento em profundidade, Pedro Rocha foi calçado por Gustavo Henrique, que acabou expulso, justamente, com o auxílio do VAR. Com um a mais e sendo agudo, o Cruzeiro ditou o ritmo do jogo, obrigando Everson a fazer grandes defesas. Fábio também foi exigido, mas apenas uma vez, em cobrança de falta santista.

Ofensivo e envolvente, o Cruzeiro não foi, nem de longe, o time pragmático de Mano Menezes. Chutou muito a gol e tramou lances em tabelas, o que há tempos não se via. Nessas trocas de passes o Cruzeiro achou o primeiro gol, com Fred, que entrou aos 25min do primeiro tempo em lugar de Egidio, em substituição ousada de Ceni. Aliás, antes do jogo começar, o treinador foi ovacionado pela torcida. Fred, marcando, deu fim ao jejum de mais de quatro meses sem marcar e na comemoração, espantou a zica que o acompanhava até então.

No início do segundo tempo, o Cruzeiro ampliou, com Thiago Neves. O camisa 10 recebeu passe de Fred e venceu Everson. O Cruzeiro ainda teve chances de marcar o terceiro, mas parou no arqueiro adversário.

Com a vitória, o Cruzeiro chegou aos 14 pontos, se aproximou um pouco mais dos adversários que estão logo acima e jogou o Fluminense para o Z-4. O clube carioca perdeu para o CSA por 1 a 0, no Maracanã e agora está em 17º. O Cruzeiro é o 16º.

Por: João Vitor Viana



Últimas Notícias

Em 17/09/2019

Não sabe perder

Não sabe perder

Em 17/09/2019

Clamor popular

Clamor popular