Qual Cruzeiro queremos?

Sentimento de um torcedor, não de um jornalista

Em 03/10/2019 01:43

Qual Cruzeiro queremos?

Hoje eu gostaria de me despir do cargo e encargo de ser jornalista. Na verdade, após 14 anos de formado, de passagem por jornais importantes, por assessorias, por rádio, eu prefiro fazer um depoimento como torcedor. Como torcedor cruzeirense, apaixonado por esse clube. 

Há 36 anos eu nasci e logo meu pai me levou ao Mineirão. Aquele Mineirão antigo, cheio de árvores, mais "raiz". O tempo passou e o sentimento por esse clube somente aumentou. Sou um apaixonado pelo Cruzeiro e sempre serei. Tenho as estrelas tatuadas nas costas, mas, acima de tudo, tenho esse time no coração.

Por esse tempo todo eu fui - e sempre serei - profissional. Afinal, prezo pela excelência no texto, na forma, na argumentação. Nunca deixarei de lado o fato de ser jornalista no sangue, nos princípios e no diploma. Sim, sou bacharel em jornalismo, assim como sou bacharel em Direito e advogado. Trajetória esta, última, que veio somente a agregar. 

Mas hoje não serei jornalista, não serei advogado. Serei, tão somente,  torcedor. O torcedor que quer o time bem, que preza pela anti-corrupção, que preza pela administração correta. Um torcedor que perde o sono pelo time, que fala com o coração e que pede a união do torcedor. Chega de briga entre torcedores! Chega desse papo de falar que "eu já falo isso há tanto tempo", que "eu já dizia", "eu já sabia". Somos humanos e podemos ter errado em nossa interpretação quanto às pessoas, quanto às administrações. Mas, no fundo, sempre pensamos de forma igual. Afinal, somos torcedores e temos um respeito imenso pela instituição Cruzeiro.

A instituição fica e o torcedor passa, assim como jogadores e dirigentes. Mas queremos deixar nossa marca. Queremos deixar a marca daquele torcedor que não aceita falcatrua, que não aceita desvios - sejam estes quais forem - , que não aceita composição por dinheiro, que não aceita nada em troca de sermos torcedores. Torcedor não precisa ganhar dinheiro para torcer. Nunca ganhei e sempre recusaria. O Cruzeiro está no sangue, na alma. 

Faço parte de um grupo que respeita o clube e que quer ver as coisas esclarecidas. Faço parte de um grupo que nunca "mamou" no clube e, no máximo, foi um "braço executivo" do Cruzeiro, dando luz a algumas ações e serviços. Nada além. Assim como este site, prezo pela correção das atitudes e jamais me aliaria a pessoas que pensem ou agem diferente.

Certamente fui criado em um berço em que a atitude e a lealdade andam juntos. Algo que, hoje, parece não haver dentro do clube que torcemos. Uma pena! Mas torcemos para essa reunião do dia 21, data célebre, aliás.

Venho, aqui, pedir a união dos torcedores. Se você já fazia denúncias há anos, dou meus parabéns. Eu não tive o discernimento de ver e notar isso. Deixei-me levar pelo início bom do clube, tanto em 2018 quanto 2019. Os resultados bons encobriram os problemas que só vieram à tona depois. 

Não é hora de culpar esse ou aquele torcedor que não percebeu antes, o que desde maio veio à tona. Não é hora de dizer quem está certo ou errado. Erradas estão as pessoas que mandam no Cruzeiro. Olhem só para onde as coisas estão caminhando! 

É hora dos torcedores se unirem, de pedirem transparência, de se unirem por uma gestão correta, que não põe na diretoria aqueles que querem "mamar", mas aqueles que são apaixonados pelo clube, que sofrem, que perdem o sono por causa de uma derrota, mas que querem ver o time de volta às vitórias e títulos. A torcida, unida, consegue chegar até onde ela mesma duvida.

Mas 9 milhões de vozes não são caladas facilmente. E o #CruzeiroÉNosso! O Cruzeiro é de todos nós! Juntos, conseguiremos pôr esse clube de volta ao ponto máximo de onde ele nunca deveria ter saído.

Se hoje ele não é comandado por quem a gente quer, vamos juntos exigir a mudança em tudo isso! Por mais que pensemos diferente, por mais que tenhamos opiniões, muitas vezes antagônicas, os nossos sonhos são os mesmos, a nossa história é a mesma e a nossa paixão é uma certeza. 

#JuntosPeloCruzeiro #JuntosPelaHombridade #JuntosSomosMaisFortes #SomosTodosCruzeiro

Por: João Vitor Viana



Últimas Notícias