Cruzeiro rema para as oitavas

Jogo tenso, classificação nos pênaltis e Rafael como heroi

Em 13/05/2022 10:25

Cruzeiro rema para as oitavas

O Cruzeiro remou até as oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (12/5), a equipe de Paulo Pezzolano se impôs, foi melhor e venceu o Remo por 1 a 0, gol de Edu. O resultado, contudo, era insuficiente para a classificação direta. Precisou dos pênaltis para isso. E no nervosismo de 9 milhões de torcedores e espalhados pelo mundo, o Cruzeiro, sob a batuta de Rafael Cabral, que defendeu quatro cobranças, o clube voltou a estar entre os 16 finalistas da competição, da qual é o maior vencedor de todos os tempos, com seis conquistas.

Sem poder contar com Neto Moura, ausente porque já havia jogado pelo Mirassol, Pezzolano optou por Adriano. A falta de um armador nato acabou sendo sentida na primeira etapa. Ainda assim, pelo menos três oportunidades o Cruzeiro teve de abrir o marcador, mas parou no goleiro Vinícius. Bom goleiro, aliás.

No segundo tempo, Pezzolano foi alterando o time. Daniel entrou bem mais uma vez, Canesin deu um toque melhor no meio, mas foi no "abafa" que a bola sobrou para Edu, de frente ao arqueiro adversário, estufar as redes e explodir o Independência.

O Cruzeiro martelou, tentando o segundo gol, o Remo teve algumas chances criadas nas costas da defesa, mas o placar ficou nisso: 1 a 0 e pênaltis.

Cobranças

Edu, heroi do jogo, foi o primeiro e perdeu. Como ele mesmo disse depois, "o Cruzeiro teve que buscar em campo e nos pênaltis a classificação". E buscou com Rafael Cabral crescendo diante do adversário. O Cruzeiro teve chance de matar as cobranças, com Rafael Silva, mas perdeu; o Remo também teve; mas parou em Rafael Cabral e, por fim, Rafael Santos marcou e Rafael Cabral pegou mais uma. Foram quatro defesas nas cobranças de pênalti contra três do concorrente. O Cruzeiro embolsa R$ 3 milhões e, agora, espera pelo sorteio. Pode pintar pela frente algum dos clubes que disputam Libertadores. Aguardemos. Os R$ 3 milhões se juntam aos outros R$ 4,67 milhões das primeiras fases. 

Palavras do Patrão Ronaldo

"Meu Deus do céu, é muito sofrimento. Mas, que vitória! Que classificação histórica! Jogamos um ótimo jogo, fomos superiores o tempo todo, a equipe está de parabéns, comissão técnica e jogadores, que estão trabalhando muito para repor o Cruzeiro em seu devido lugar".

"Logicamente, essa torcida maravilhosa fez uma festa incrível e eu só tenho a agradecer essa lealdade e amor com o Cruzeiro. A gente está no caminho certo e vamos continuar trabalhando firme para conquistar nossos objetivos".

Palavras do Pezzolano

"Parabéns aos jogadores pela forma que enfrentaram o jogo. O mais importante é que fomos uma equipe que tivemos volume de jogo. Sabemos que não é fácil, por mais que seja um rival da Série C (do Campeonato Brasileiro, mas tem uma boa equipe o Remo, tinha o resultado favorável. Fizemos um bom jogo".

Estão de parabéns os jogadores. Acho que fomos muito superiores na chave (jogo de ida e volta). Hoje meus jogadores demonstraram coragem para sair com o resultado. Parabéns para eles".

"Em alguns momentos sofremos com a transição (defensiva), mas é normal. O volume de jogo tivemos. No segundo tempo, a paciência eu gostei mais. Havia muito mais paciência. O tempo foi passando e seguimos com paciência. Isso eu gostei. Os jogadores estão convencidos do que estão fazendo".

 

JOÃO VITOR VIANA



Últimas Notícias




História

Títulos

Ídolos Celestes

Jogadores Clássicos

Torcida

Mantos Celestes

Clássicos

Cruzeirenses Ilustres

Estatísticas

Curiosidades

TV Nação

Humor

Cliques da Nação

Artistas Celestes

Gatas Celestes

Tabelas

Calendário de Jogos

Downloads